Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


 

O Incra é dirigido por um Conselho Diretor, composto pelo presidente, cinco diretores e o chefe de gabinete, na condição de membros natos.
 
Compete ao órgão colegiado, entre outros, aprovar normas gerais que tratem de aquisição, desapropriação, alienação e concessão de imóveis rurais, bem como de transações judiciais, visando à eliminação de pendências e celebrações de acordos, de procedimentos e atos administrativos de funcionamento do Incra e de regularização fundiária.
 
Entre outras prerrogativas do Conselho Diretor estão autorizar o presidente da autarquia a adquirir, conceder e alienar bens imóveis, além de apreciar e aprovar as contas e balanços gerais da autarquia.
 
Confira o perfil dos componentes titulares:
 
Presidente
Geraldo José da Camara Ferreira de Melo Filho
Graduado em Economia pela Universidade de Brasília, atuou como coordenador de projetos nacionais do Instituto Euvaldo Lodi da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de 1997 a 2000, com destaque para o Programa de Reestruturação Produtiva das Cadeias Agroindustriais. Foi superintendente geral da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) de 2001 a 2009, entidade sindical que representa produtores rurais. Ocupou também os cargos de diretor Administrativo Financeiro da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) de 2015 a 2017; de superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) no estado Paraná de 2018 a janeiro de 2019, onde contribuiu em programas de empreendedorismo rural, promoção social, assistência técnica e gerencial para agricultores familiares e produtores rurais. Atuou, ainda, como presidente do Conselho Fiscal da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, no Paraná, no período de 2018 a julho de 2019. Seu último cargo público foi o de assessor especial da Secretaria de Relacionamento Externo da Casa Civil da Presidência da República.
 
Diretor de Gestão Estratégica (DE)
Edimilson Alves
Bacharel em Direito. Tem cursos nas áreas de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo; Controles Institucional e Social dos Gastos Públicos; Controle Social; Gestão Tributária Municipal; Introdução ao Orçamento Público; e atualmente cursa pós-graduação em Direito Constitucional. Ocupou os cargos de Assessor Especial nos Ministérios das Cidades e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi também secretário parlamentar no Congresso Nacional e diretor da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). 
 
Diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária (DF)
Humberto César Mota Maciel
Engenheiro Agrimensor pela Universidade Anhanguera e especialista em Sistema de Informações Geográficas Aplicada ao Meio Ambiente pela Universidade Católica Dom Bosco. É servidor efetivo da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul (Agraer), onde atuou como chefe da Divisão de Cartografia, Geografia e Geoprocessamento (2000 a 2006) e como gerente de Regularização Fundiária e Cartografia (2007 a 2016). Coordenou, no Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a implantação do projeto SIG/MS e atuou como gestor pela Agraer no Zoneamento Agroecológico. Foi superintendente regional do Incra em Mato Grosso do Sul de 2016 a 2019. 
 
Diretor de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamento (DT)
Vago
  
Diretor de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento (DD)
Giuseppe Serra Seca Vieira
Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Ingressou no Incra no Sul do Pará em 2008 como Perito Federal Agrário. Na regional, atuou como superintendente, chefe substituto e titular da Divisão de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamento e chefe substituto da Divisão de Desenvolvimento de projetos de Assentamentos. Também trabalhou como superintendente regional em Mato Grosso e como chefe da Divisão de Obtenção na regional de Goiás. Desde 2016, atuava como superintendente do Incra na Bahia. 

Diretor de Gestão Administrativa (DA)
Adriano Varela Galvão
Formado em Administração de Empresas, possui MBA em Finanças e Mercado de Capitais, além de especialização em Negócios para Executivos, ambos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre as experiências profissionais na área estão cargos de presidência, diretoria executiva e financeira em empresas, além de entidades representativas ligadas aos setores de agricultura e pecuária.
 
Chefe de Gabinete (GAB)
José Líbio de Moraes Neto
Graduado em Ciências Econômicas e em Direito, é especialista em Direito Público e em Direito Civil e Processo Civil. Foi oficial de Gabinete do Vice-Governador do Pará (1979 a 1981). No Pará, ocupou os seguintes cargos no Incra: chefe do Grupamento Administrativo (1982 a 1985), executor substituto do Projeto Fundiário em Itaituba (1982 a 1985), chefe da Divisão de Planejamento (1985 a 1987) e executor da Unidade Avançada de Marabá (1987 a 1996). Na Justiça Federal foi supervisor da Seção de Apoio Administrativo da Vara de Marabá/PA (1996 a 1998) e assessor de Gabinete da 6ª Vara do Distrito Federal (1998 a 1999). No Tribunal Regional Federal da 1ª Região (DF) foi supervisor de Seção de Apoio Administrativo da Secretaria de Programas e Benefícios Sociais (1999 a 2000) e ocupou os cargos de oficial, de supervisor e de chefe de Gabinete do Desembargador Federal Souza Prudente (2001 a 2013). No Incra Sede, presidiu Comissões de Processos Disciplinares, a Comissão Nacional de Ética e foi Ouvidor Agrário Nacional Substituto.
Ir para o Topo