1.png

Siga o Incra

TwitterFacebookYoutubeFlickrFeed

banner imoveis certificados

banner cestas basicas web

banner carta servicos

ban transp publica

Incra investe R$ 27 milhões em estradas no Mato Grosso

A Superintendência Regional do Incra no Mato Grosso firmou convênios, nesta terça-feira (22), no valor de R$ 28 milhões com 38 prefeituras do estado para implantação de obras de infraestrutura em 55 assentamentos. A ação beneficia aproximadamente 7.350 famílias. As obras previstas são a recuperação de 1.293 quilômetros de estradas vicinais e a construção de 193 quilômetros e de uma ponte de 80 metros.

 

Dos R$ 28,1 milhões, R$ 27,1 são destinadas pelo Incra e um milhão de reais são a contrapartida das prefeituras. Compete às prefeituras a execução das obras, de acordo com o projeto técnico por elas apresentado, e ao Incra, além do repasse dos recursos financeiros, acompanhar e fiscalizar  a execução do projeto.

 

Para o superintendente regional do Incra, Willian César Sampaio, o volume de recursos aplicados em parceria com prefeituras “demonstra que o Incra e os governos municipais atuam juntos de forma determinada para a reforma agrária no estado. A soma de esforços é condição essencial para o desenvolvimento dos projetos de assentamento”, declarou ele durante o ato de assinaturas dos convênios realizado no auditório da sede da instituição em Cuiabá.

 

A mesma visão tem os dirigentes municipais. Segundo o prefeito Naftaly Calisto da Silva, de Vila Rica, cujo convênio foi no valor de R$ 2,4 milhões, “este ato representa um olhar para as necessidades das populações dos assentamentos. Reunindo municípios de todas as regiões do estado e de todos os partidos políticos, podemos afirmar que existe uma nova ordem dentro do Incra de Mato Grosso”, afirmou o prefeito.

 

Confira, abaixo, as prefeituras que firmaram convênio com o Incra e os assentamentos a serem atendidos com obras:

 

Alto Araguaia – assentamento Gato Preto;
Aripuanã – assentamento Medalha Milagrosa;
Cáceres – assentamento Paiol;
Campo Verde – assentamento Dom Osório;
Canabrava do Norte – assentamento Tatuibi;
Carlinda – assentamento Carlinda;
Castanheira – assentamento Vale do Seringal;
Colíder – assentamento Novo México;
Comodoro – assentamentos Granja I e II;
Conquista D´Oeste – assentamento Sararé;
Cotriguaçu – assentamento Nova Cotriguaçu;
Diamantino – assentamento Bojuí;
Feliz Natal – assentamento Ena;
Itanhagá – assentamento Itanhagá;
Jauru – assentamentos Mirassolzinho I e II;
Juara – assentamento Arinos;
Juína – assentamentos Iracema I e II;
Matupá – assentamento Braço Sul;
Mirassol D´Oeste – assentamentos Roseli Nunes e Margarida Alves;
Nortelândia - assentamento Raimundo Rocha;
Nova Brasilândia – assentamento Fica Faca;
Nova Canaã do Norte – assentamentos Avaí, Santo Antõnio e Veraneio;
Nova Guarita – assentamentos Raimundo Oliveira II, Vale do Esperança e Santa Izabel;
Nova Monte Verde – assentamento Monte Verde;
Nova Ubiratã – assentamento Santa Terezinha II;
Nova Xavantina – assentamento Santa Cruz;
Novo Horizonte do Norte – assentamentos Julieta, Caracol e Bosmaji;
Paranaíta – assentamento São Pedro;
Pontes e Lacerda – assentamentos Rio Alegre, Lagoa Rica, Carla Patrícia, Cel Ari e Triunfo;
Santa Terezinha – assentamento Reunidas;
Santo Afonso – assentamento Padre José Tencat;
Tabaporã – Assentamentos Mercedes I e II;
Tangará da Serra – assentamento Antonio Conselheiro;
Tapurah – assentamentos Borges, Santa Luzia e Bonanza;
Terra Nova do Norte – assentamento HIJ;
Vale do São Domingos – assentamento Aerorancho;
Vera – assentamento Califórnia;
Vila Rica – assentamentos Santa Clara, Ipê e Santo Antonio do Beleza.
 

icon ater2

ATER - Chamadas Públicas

Confira os editais por estado

Relatório de Gestão

Prestação de Contas ano a ano

Portal da Transparência

Saiba como o Governo Federal aplica seu dinheiro