Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Assentada de Goiás faz curso de agrofloresta e trabalha pelo futuro do Cerrado


Publicado dia 05/06/2018
 
Neurice Araújo Torres Lima, 49 anos, ainda lutava para conseguir uma área pela reforma agrária quando definiu que trabalharia com reflorestamento logo que estivesse na terra. Assim fez ao chegar na parcela 90 do assentamento Dom Roriz, em Minaçu (GO), em 2005. Aos poucos, foi trazendo espécies de outras regiões do cerrado e plantando na área. Atualmente, ela tem um pouco mais de um hectare plantado consorciando plantas típicas do cerrado, como cagaita, pequi e baru com frutíferas como mamão, jabuticaba, laranja, caju, lichia, além de hortaliças.
 
Pensando em aperfeiçoar conhecimento, procurou no Incra Goiás informações sobre agrofloresta. Orientada pela engenheira agrônoma da instituição, Janice Morais, conseguiu vaga no curso de agrofloresta realizado pela Floresta Alimentos Orgânicos, com apoio do Movimento de Agroflorestores de Inclusão Sintrópica (MAIS) e pelo Núcleo de Estudos em Agroecologia de Hidrolândia (NEA). A capacitação foi ministrada pelos instrutores Bruno Lopes e Rafael Tokarski, no sítio Dirindele, zona rural de Hidrolândia, no mês passado.
 
Durante o curso, Neurice e a filha Paula Fernanda Torres Lima aprenderam sobre princípios da agrofloresta, solo, adubação, estratificação florestal, poda, implantação e manejo de sistemas agroflorestais (SAF). “Fiquei muito feliz porque aprendi técnicas corretas para plantar, aproveitar espaço e podar”, relata. Segundo ela, a partir deste conhecimento tem condições de estabelecer canteiros organizados dentro de uma lógica apropriada.
 
Cheia de planos, a agricultora quer dividir o que aprendeu com as demais famílias do Dom Roriz e implantar um banco de sementes. “Eu me preocupo com as gerações futuras. Tem que conscientizar a humanidade para cada um fazer um pouquinho de reflorestamento porque a natureza está sendo devastada”, observa Neurice. Dentro desta perspectiva, ela distribui mudas de plantas para os vizinhos porque montou um viveiro na sua parcela.
 
 
Assessoria de Comunicação Social do Incra/GO
(62) 3269-1703 /1726
jornalismo@gna.incra.gov.br
twitter: @incra_goias
www.incra.gov.br/go

Ir para o Topo