Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Assentados são capacitados em sistemas agroflorestais no Sul do Pará


Publicado dia 17/10/2018
Os trabalhadores rurais assentados nos projetos de assentamento localizados no entorno da Floresta Nacional (Flona) Tapirapé-Aquiri, na região Sul do Pará, participaram de treinamento em sistemas agroflorestais. Participaram dos treinamentos 30 agricultores dos assentamentos Volta Grande, Cupuaçu e Serra Grande, em Marabá, e dos assentamentos Lindoeste e Rio Pará, localizados em São Félix do Xingu.
 
Durante quatro dias, entre 2 a 5 de outubro, os assentados participaram de palestras, minicursos e visitas técnicas. Os assentados já estão aptos a implantarem os sistemas agroflorestais em seus lotes no próximo período chuvoso que se aproxima na região. Foram trabalhadas as culturas de cacau, açaí, cupuaçu, cajá e banana. 
 
Projeto
 
O chamado Projeto Mosaico é uma iniciativa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e visa estimular práticas sustentáveis de geração de renda das famílias do entorno das Unidades de Conservação. A técnica reúne diferentes culturas agrícolas em consórcio com espécies florestais, preservando o meio ambiente e gerando renda aos agricultores. O aumento da produtividade destas famílias também diminui a prática de crimes ambientais na chamada zona de amortecimento da Flona Tapirapé-Aquiri, onde estão situados os projetos de assentamento.
 
De acordo com o engenheiro florestal do Incra em Marabá, Dênis Santana, que é membro do Conselho Consultivo da Flona Tapirapé-Aquiri, o órgão tem papel importante como multiplicador dos benefícios dos sistemas agroflorestais nos lotes da reforma agrária. “É importante incentivar práticas agroecológicas que promovam a diminuição e recuperação de áreas desmatadas, o que é uma das metas do Programa Assentamentos Verdes”, analisa.
 

Assessoria de Comunicação Social do Incra no Sul do Pará
(94) 3324-1752 / 2713 - ramal 216
ascom@mba.incra.gov.br
www.incra.gov.br/maraba

Ir para o Topo