Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Assentamentos de Sergipe recebem supervisão ocupacional de lotes com novo sistema


Publicado dia 28/11/2019
 
O Incra divulgou esta semana os primeiros dados da implantação do novo sistema para a fiscalização de assentamentos em Sergipe. Anunciado pela autarquia em agosto de 2019 e implantado no estado a partir de outubro, o Sistema Nacional de Supervisão Ocupacional (SNSO) é a mais nova ferramenta estruturada para verificar divergências, pendências cadastrais e eventuais irregularidades na ocupação de lotes da reforma agrária em todo o país.
 
Pelo sistema, desenvolvido por meio de uma parceria entre o Incra e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), toda a coleta de dados executada em campo passa a ser digital. Com o uso de tablets ou celulares, os técnicos do instituto percorrem os assentamentos, aplicando um formulário com questões que visam identificar e sanar problemas no registro ou na ocupação dos lotes. São levantadas e transmitidas, posteriormente, a um servidor online informações sobre os beneficiários e a exploração de cada lote, além das coordenadas geográficas e do registro fotográfico das áreas.
 
Em Sergipe, somente no primeiro mês de aplicação, o SNSO já colheu dados de 11 assentamentos, implantados nos municípios de Estância, Porto da Folha, Poço Redondo, Canindé do São Francisco, Indiaroba e Pacatuba. Ao todo, até o momento, aproximadamente 400 lotes já foram supervisionados.
 
Elaborado em atendimento à determinação do Tribunal de Contas da União (TCU), que trata de indícios de irregularidades na concessão de lotes, o sistema qualifica a coleta de dados e padroniza o monitoramento das áreas de reforma agrária, promovendo economia de tempo e recursos.
 
De acordo com estimativas da Superintendência Regional do Incra em Sergipe, nos próximos anos, aproximadamente 7 mil lotes deverão ter dados incluídos no novo sistema de supervisão.
 
 
Assessoria de Comunicação Social do Incra/SE
(79) 4009-1537
ascom@aju.incra.gov.br

Ir para o Topo