Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra assina créditos de Apoio Inicial e homologa Relação de Beneficiários em assentamento no Amapá


Publicado dia 11/12/2015
 
Segundo a superintendente Maria Assunção Giusti os recursos só se tornam disponíveis para as famílias graças ao empenho dos servidores – Foto: Ascom PMM
 
A Superintendência Regional do Incra no Amapá - em parceria com a Prefeitura Municipal de Mazagão e a Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento no estado (Conab/AP) -, realizou evento, no centro comunitário do assentamento Maracá, para oficializar a assinatura do contrato de créditos de “Apoio Inicial” e “Fomento Mulher”, além da homologação da Relação de Beneficiários do Assentamento de Reforma Agrária (RB).
 
Cerca de 600 pessoas participaram da solenidade, que ocorreu no dia 5 de dezembro de 2015, no município de  Mazagão (AP). Durante o ato, foi informado que a assinatura de contrato beneficiava 269 pessoas com créditos de Apoio Inicial e 300 no Fomento Mulher, bem como 131 novas famílias foram homologadas na RB. Cada Apoio Inicial corresponde um valor de R$ 2.400 por família e no Fomento Mulher é de R$ 3 mil. O assentamento do Maracá tem cerca de 560 mil hectares. 
 
De acordo com a superintendente do Incra/AP, Maria Assunção Giusti, esses recursos só se tornam disponíveis para as famílias graças ao empenho de uma equipe do Instituto comprometida com os assentados e também o apoio em parcerias no estado e em Brasília.
 
Mazagão é um dos municípios que mais existem assentados fazendo parte do Projeto de Assentamento Agro-Extrativista (PAE). No total, são seis assentamentos: Resex (reconhecido), Maracá, Piquiazal, Barreiro, Pancada do Camaípi e Foz de Mazagão.
 
Durante a solenidade, a superintendente Maria Assunção respondeu vários questionamentos da comunidade como também passou informações aos presentes. Entre estas informações está a de que o Incra/AP discute com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (IFAP) a instalação de novos cursos em assentamentos do estado. A superintendente disse ainda que está tentando parcerias para disponibilizar cursos de nível superior da Universidade Estadual do Amapá (UEAP) e Universidade Federal do Amapá (Unifap) para assentados e seus filhos.
 
Na assinatura dos créditos estavam presentes o prefeito de Mazagão, Dilson Borges, o deputado federal Cabuçú Borges, o superintendente da Conab-Amapá, Asdrubal Oliveira, o vereador Domingos Belo, o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Amapá (MDA/AP), Roni Mayer Lomba, o presidente da Associaçao dos Trabalhadores do Assentamento Agro-extrativista Maracá (Atexma), Rogério Chucre, entre outras lideranças comunitárias.
 
Para Dilson Borges "a comunidade do Maracá já avançou muito nos últimos anos. Só no Maracá já somamos mais de seis milhões de reais investidos. Pra se ter uma ideia, o Maracá é o único assentamento no estado que possui uma praça cívica de grande porte. Sei que os problemas existem, mas têm coisas que são inerentes ao município dificultando amenizarmos as situações".  O prefeito de Mazagão informou aos moradores que já foi aprovado em Brasília o projeto da segunda etapa de pavimentação em bloquete do Maracá, com recurso em conta de mais de um milhão de reais.
 
Para o deputado federal Cabuçú Borges, "nós somos o resultado de nossas conquistas. O que nós estamos fazendo aqui se chama política de resultados ". 
 
Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Mazagão.
 
Superintendência Regional do Incra/AP
(96) 3251-7987 / 7879
 

Ir para o Topo