Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra reconhece famílias de três quilombos sergipanos como público da reforma agrária


Publicado dia 23/11/2018
 
O Incra em Sergipe definiu mais 355 famílias de três territórios quilombolas do estado como público potencial da reforma agrária. O ato se deu por meio de portarias publicadas nos dias 6 e 13 de novembro, incluindo famílias das comunidades Povoado Forras, em Riachão do Dantas; Desterro, no município de Indiaroba; e Mocambo, em Aquidabã.
 
Com o reconhecimento, os quilombolas serão submetidos a um processo de seleção, promovido pelo próprio Incra, para verificar, entre outros elementos, a renda familiar e a eventual existência de servidores públicos entre os candidatos. O objetivo é concretizar o processo de reconhecimento, com a manutenção, exclusiva, de famílias que possuam o perfil da reforma agrária.
 
Após o crivo, os trabalhadores selecionados terão seus nomes inseridos no Sistema de Informações de Projetos de Reforma Agrária (Sipra), passando a acessar todas as políticas previstas pelo Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA).
 
Quilombos reconhecidos
 
Iniciados no final de 2017, os processos para reconhecimento de famílias quilombolas como público da reforma agrária com o consequente investimento em créditos produtivos em Sergipe estão entre os mais avançados do país.
 
Com as publicações das portarias de reconhecimento em novembro, o estado alcança a marca de dez territórios quilombolas com famílias reconhecidas como público do PNRA. Entre essas comunidades, já receberam investimentos em créditos produtivos os quilombos de Mocambo (em Porto da Folha), Serra da Guia (em Poço Redondo), Lagoa dos Campinhos (em Amparo do São Francisco), Pontal da Barra (em Barra dos Coqueiros), Caraíbas (em Canhoba) e Pirangi (em Capela).
 
 
 
 
 
Assessoria de Comunicação Social do Incra/SE
(79) 4009-1507
ascom@aju.incra.gov.br
Facebook: /incrasergipe
www.incra.gov.br/se

Ir para o Topo