Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Parceria entre Incra/RJ e entidade ligada a UFRJ vai beneficiar assentamentos


Publicado dia 10/04/2017

 

Representantes da Superintendência Regional do Incra no Rio de Janeiro e técnicos do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais (Ivig), ligados ao Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de janeiro - Coppe/UFRJ, reuniram-se dia 6 de abril para tratar da melhoria da infraestrutura dos assentamentos fluminenses. No encontro, foi apresentado projeto de assistência técnica aos assentamentos da reforma agrária no estado e a estimativa é que as instituições assinem um contrato de parceria de dois anos.

O objetivo da iniciativa é investir na melhoria da infraestrutura dos assentamentos fluminenses permitindo a otimização das potencialidades de cada empreendimento. No início do projeto a proposta é eleger um assentamento piloto com a finalidade de criar condições ideais de infraestrutura e desenvolvimento. Com os bons resultados obtidos, a expectativa é motivar a comunidade de trabalhadores rurais da reforma agrária no Rio de Janeiro incentivando a adesão dos demais assentamentos beneficiados com a iniciativa.

Para o superintendente regional do Incra, Carlos Castilho, a parceria entre a autarquia e Coppe-RJ vai criar condições favoráveis para o desenvolvimento e a melhoria de vida do trabalhador rural fluminense. Ele também classificou como positiva a proposta dos técnicos da Coppe/UFRJ de manter assistência técnica continuada nos projetos. “A ideia é criar instrumento para detectar possíveis erros, possibilitando ajustes no decorrer do trabalho”, destacou Castilho.

Para os técnicos do Coppe/UFRJ é necessário conhecer as características de cada assentamento a fim permitir a elaboração de cálculo de atuação específica de acordo com cada realidade no campo.

O professor Marcos Freitas, representante do Coppe/UFRJ, revelou a intenção de transferir tecnologia desenvolvida no Ivig para os assentamentos da reforma agrária. Ele também afirmou que há a necessidade de aprimorar a ação das cooperativas dos trabalhadores da reforma agrária no Rio de Janeiro.

O professor falou também sobre a participação dos técnicos do Incra no trabalho de campo. “A participação do corpo técnico do Incra é fundamental para a continuidade e o sucesso da iniciativa. Com resultados positivos do trabalho dos técnicos os trabalhadores rurais podem ficar estimulados e abraçarem a ideia”, destacou Marcos Freitas.

Além do superintendente regional do Incra/RJ, Carlos Castilho, participaram da reunião o chefe da Divisão de Desenvolvimento, Rodrigo Bonfim, o chefe da Divisão de Obtenção de Terras, Newson Monteiro, além dos técnicos do Ivig, Marcos Freitas, Antonio Bogad e Mário Moraes.

Ivig 

O Ivig é um instituto multidisciplinar que desenvolve estudos e projetos em diversas áreas do conhecimento, com ênfase em sustentabilidade. Criado em 1999, por iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj) e da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, opera em rede com programas da Coppe, unidade da UFRJ e outras instituições de pesquisa do país e do exterior.

Atualizado em 11/04/2017, às 19h20.

Assessoria de Comunicação Social do Incra/RJ
ascom.rj@rjo.incra.gov.br
(21) 2224-3346
www.incra.gov.br/rj

Ir para o Topo