Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


PB: Projeto de dessalinizadores solares é selecionado para Caderno de Boas Práticas de ATER


Publicado dia 07/12/2015
A ação foi apresentada pelo presidente da Coonap, Jonas Marques Neto (dir), no Seminário em Brasília - Foto: Coonap
 
A experiência de instalação de dessalinizadores solares para a produção de água potável no Assentamento Olho D’água, localizado no município de São Vicente do Seridó (PB), a cerca de 220 quilômetros de João Pessoa, foi selecionada para a edição 2015 do Caderno de Boas Práticas de ATER - Assistência Técnica e Extensão Rural -, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). 
 
O projeto foi implantado pela Cooperativa de Trabalho Múltiplo de Apoio às Organizações de Autopromoção (Coonap), entidade contratada pela Superintendência Regional do Incra na Paraíba para executar serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) em 31 assentamentos da região da Borborema, em parceria com o Núcleo de Extensão Rural Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).
 
A ação foi apresentada pelo presidente da Cooperativa de Trabalho Múltiplo e Apoio às Organizações de Autopromoção (Coonap), Jonas Marques de Araújo Neto, no Seminário Nacional de Boas Práticas de ATER, realizado em Brasília de 1º a 3 de dezembro de 2015. Em nome da entidade, ele recebeu o certificado de Boas Práticas das mãos do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.
 
O objetivo do projeto, selecionado na Categoria Sistemas Sustentáveis de Produção de Base Agroecológica, foi melhorar a segurança hídrica das 29 famílias do Assentamento Olho D’água, que tem 1.628 hectares, por meio do uso de dessalinizadores solares que possibilitam a produção de água potável.
 
Para garantir água de qualidade para as famílias, o projeto aproveitou o potencial de energia solar disponível no assentamento, localizado no Semiárido, região que apresenta particularidades desfavoráveis quanto à disponibilidade de água, como baixos índices de precipitação pluviométrica, período chuvoso irregular, presença de anos com índices de precipitação abaixo da média histórica e elevados níveis de salinidade em grande parte dos solos e das águas semiáridas.
 
Segundo o diretor técnico da Coonap, o engenheiro agrícola José Diniz das Neves, a escassez periódica de água leva a população a consumir águas de poços que, muitas vezes, apresentam contaminação biológica ou química (sais dissolvidos), como é o caso dos poços da zona rural de São Vicente do Seridó.
 
“Fomos a única entidade de ATER na Paraíba com experiência selecionada para o Caderno Boas Práticas de ATER, que terá distribuição nacional. Isto significa o reconhecimento do nosso trabalho e nos dá a certeza de que estamos indo pelo caminho certo”, afirmou o presidente da Coonap, Jonas Marques.
 
Funcionamento
José Diniz das Neves explicou que o destilador utiliza a radiação solar para aquecer a água, que evapora e se condensa dentro do dessalinizador. 
 
“Com isso, a água torna-se potável em virtude das altas temperaturas no interior do destilador. Os microrganismos patógenos são eliminados e é possibilitada a retirada dos sais dissolvidos na água”, explicou o diretor técnico da Coonap.
 
Boas Práticas
O objetivo da elaboração do Caderno e do Seminário Nacional de Boas Práticas de ATER foi identificar, sistematizar e compartilhar referências inovadoras com contribuição comprovada, na ação de Assistência Técnica e Extensão Rural, para o desenvolvimento rural sustentável e solidário. 
 
No período de 7 a 23 de outubro último, as instituições cadastradas no Sistema Informatizado de ATER (Siater) puderam inscrever apenas uma iniciativa, em cada uma das 14 categorias previstas no edital, junto à Comissão Estadual de Boas Práticas de Assistência Técnica e Extensão Rural, na Delegacia Federal do MDA de cada estado. As Comissões Estaduais – formadas pelo MDA, Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável, instituições de ATER e representações da Agricultura Familiar –, foram responsáveis pela inscrição, seleção e registro de propostas.
 
As melhores experiências em cada categoria foram enviadas à Comissão Nacional, que selecionou as três melhores iniciativas de cada categoria. As ações escolhidas foram apresentadas no Seminário Nacional realizado em Brasília.
 
Assessoria de Comunicação Social do Incra/PB
(83) 3049-9259
http://www.incra.gov.br/pb

Ir para o Topo