Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


 

A Constituição Federal de 1988 estabelece que os beneficiários da distribuição de imóveis rurais pela reforma agrária receberão títulos de domínio ou de concessão de uso, instrumentos que asseguram o acesso à terra.

 

O Contrato de Concessão de Uso (CCU) transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter provisório e assegura aos assentados o acesso à terra, aos créditos disponibilizados pelo Incra e a outros programas do governo federal.

 

O título de domínio é o instrumento que transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter definitivo. É garantido pela Lei 8.629/93, quando verificado que foram cumpridas as cláusulas do contrato de concessão de uso e o assentado têm condições de cultivar a terra e de pagar o título de domínio em 20 (vinte) parcelas anuais.

 

Além da garantia da propriedade da terra para os trabalhadores rurais assentados, a titulação efetuada pelo Incra contém dispositivos norteadores dos direitos e deveres dos participantes do processo de reforma agrária, especialmente do poder público ( representado pelo Incra) e dos beneficiários, caracterizado pelos assentados.

 

Tendo em vista a importância da política de titulação dos assentamentos, que representa o coroamento do processo reformista, o Incra disponibiliza a relação dos beneficiários contemplados com os documentos de titulação a partir de 2001, em cada uma das superintendências regionais, conferindo publicidade ao processo de recebimento de títulos de domínio e de concessão de uso de imóveis objeto de reforma agrária.

 

SR-01 PA
SR-02 CE
SR-03 PE
SR-04 GO
SR-05 BA
SR-06 MG
SR-07 RJ
SR-08 SP
SR-09 PR
SR-10 SC
SR-11 RS
SR-12 MA
SR-13 MT
SR-14 AC
SR-15 AM
SR-16 MS
SR-17 RO
SR-18 PB
SR-19 RN
SR-20 ES
SR-21 AP
SR-22 AL
SR-23 SE
SR-24 PI
SR-25 RR
SR-26 TO
SR-27 MB
SR-28 DFE
SR-29 MSF
SR-30 STM
Ir para o Topo