Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


 

Na vistoria, são observadas as benfeitorias, reservas legais, áreas de preservação permanente, utilização dos pastos e a exploração da terra.

 

Concomitantemente, o Incra também faz um levantamento dos valores de mercado do imóvel - a Vistoria de Avaliação - através de pesquisa sobre os negócios realizados na região e apuração no mercado local de terras.

 

O Incra então emite um laudo pericial, o Laudo Agronômico de Fiscalização, que define se a fazenda vistoriada é improdutiva ou não.

 

Se o imóvel rural for improdutivo, o Incra também deverá apontar se ele é viável ou não para a implantação de um assentamento.

 

Para tanto é feito um Estudo da Capacidade de Geração de Renda do imóvel (ECGR), que informa a vocação agropecuária da terra, a quantidade de famílias que poderá abrigar, a viabilidade econômica, a disponibilidade de água, as condições produtivas e ainda traz um anteprojeto da organização espacial que o futuro assentamento terá.

 

 

Após a indicação ou detecção de um imóvel rural passível de desapropriação, o proprietário do imóvel em questão é notificado pelo Incra e uma equipe do órgão, chefiada por um perito federal agrário, procede a um levantamento local das características da área.

 


 

 

Vistoria de Avaliação
Os valores de mercado que o Incra terá de pagar como indenização ao proprietário são publicados no Laudo de Vistoria de Avaliação, no qual consta toda a metodologia utilizada pela autarquia para determinar o montante devido.

Ir para o Topo